Discopatia

A estrutura responsável pela dor na coluna pode estar na região “interna”, composta pelo disco intervertebral, articulações facetárias, corpo da vértebra e componentes neurais; ou na região “externa”, composta pelos músculos, ligamentos e tendões.

A discopatia é uma doença que atinge o disco intervertebral, o qual funciona como “amortecedor” aos impactos e carga sustentada pela coluna. A degeneração ou desgaste do disco é um processo natural que se inicia por volta dos 30 anos de idade, podendo ter degeneração, protrusão ou extrusão discal, mais comumente nos níveis lombares baixos (L4-L5 e L5-S1), onde se tem maior movimento e sustentam mais carga.

Ter alguma degeneração discal, não necessariamente significa ter dor na coluna ou dor irradiada para os membros inferiores, no entanto, uma hérnia de disco pode sim gerar dor lombar quando a lesão for aguda ou um disco degenerado sofrer sobrecarga, causando inflamação. Além disso, a hérnia de disco também pode comprimir alguma raiz nervosa e causar dor irradiada para a cervical e membros superiores (cervicobraquialgia), lombar e membros inferiores (lombociatalgia), podendo estar acompanhada de alteração da sensibilidade e diminuição da força em determinado grupo muscular.

Na prática esportiva, as lesões na coluna são comuns e acontecem principalmente em modalidades com gestos esportivos repetidos de hiperextensão, flexão, rotação do tronco e carga axial (saltos), e lesões traumáticas.

Se você tem discopatia ou conhece alguém que tenha, está na hora de tratar! Não espere mais.

× Agendar Consulta